Apresentação

AVISO

Neste período de quarentena, os cursos de especialização, MBA e extensão da PUC-SP estão sendo realizados remotamente com o uso de recursos digitais. Leia Mais

O manifesto ciborgue de Donna Haraway abriu um campo potente em torno da relação entre feminismo e tecnologia. Desde os 1980, as tecnologias passaram a adquirir um papel de mediação e acoplamento de capilaridade tão fina e imbricada, que a própria noção de corpo precisou ser repensada. Nas pegadas de Haraway, os novos materialismos restituem o vínculo fraturado entre natureza e cultura, mente e corpo, sujeito e objeto, expandindo a noção de corpo para além da superfície da pele. Pensam o corpo não mais como estático, mas como movimento, desenvolvendo uma série de acoplamentos, interações, intra-ações, e adaptações ao meio - como em Karen Barad, orientada por Haraway. Esta noção expandida e dinâmica de corpo vai além do humano, na relação com outros seres, animados e inanimados, expandindo também sentidos e modos de ser, fazer, aprender e se relacionar com o mundo por dispositivos, gadgets, tecnologias da inteligência... Tecnologias produzem subjetividade e são atravessadas por relações de poder, tendo ao seu centro a imagem do homem Vitruviano de Leonardo Da Vinci. O pensamento complexo, sistêmico, enredado e mediado por tecnologias de ponta desafia este modelo epistemológico, oferecendo alternativas de pensar a coexistência planetária. Pensar o corpo em chave feminista é um meio de se deslocar do projeto Antropocêntrico, uma vez que feminismo não significa uma troca de cadeiras entre os gêneros, ou uma inversão de uma relação de poder. O feminismo tem como mote a equidade entre os gêneros, numa perspectiva relacional, não binária. Os novos materialismos substituem o binarismo pela multiplicidade que atravessa corpos, capilaridades de poder e devires.

 

Diferenciais

Os Novos Materialismos são teorias bastante inovadoras e atuais que trabalham a relação do corpo com a tecnologia em chave feminista, mas que, todavia, são incipientes no Brasil. No mês de março de 2021, houve duas conferências proeminentes com esta temática. A primeira foi “The Material Life of Time”, baseada na Universidade de Edimburgo, na Escócia, mas com mesas que se distribuíam por diversos fuso-horários, com keynotes de diferentes continentes, inclusive a autora abordada neste curso, Karen Barad. A segunda conferência foi na semana seguinte, impulsionada pela Universidade de Kassel, nos Países Baixos, intitulada “New Materialist Informactics”. A conferência durou quatro dias, e contou com a presença de Felicity Colman, Iris Van Der Tuin, Laura Marks, entre outras autoras de grande relevância nesta linha teórica. Nesses eventos, temas como a condição algorítmica, pós-humanismos, relações humano-robôs, experimentalismos entre arte e tecnologia, antropoceno e outras relações entre tecnologia e materialidades foram abordados de forma densa e intensa. São temáticas que estão surgindo ainda tímidas no Brasil, que ainda estão começando a ser traduzidas, mas que nos ajudam a pensar a complexidade das relações contemporâneas, e pensar o feminismo em chave complexa, e não polarizada.


Objetivos

  • Introduzir as principais vertentes teóricas dos Novos Materialismos e seus adjacentes.

  • Discutir quais seriam as alternativas apresentadas ao Antropocentrismo apresentado pelos Pós-humanismos

  • Problematizar a relação entre tecnologias e corpos, e de que forma essas relações reforçam ou enfraquecem linhas de poder.

  • Pensar o feminismo em contextos complexos de coexistência.

  • Aproximar conceitos e ideias para o universo de referências e vivências dos alunos.

  • Convidá-los a pensar as relações tecnológicas em chave criativa e transdisciplinar.

Sobre o Curso
  • Categoria: Extensão
  • Público-alvo:

    O curso não exige um conhecimento prévio sobre teorias feministas, e está aberto a qualquer pessoa interessada em aprender (mais) sobre o tema. Por seu caráter transdisciplinar, o curso aproxima as ciências humanas das exatas, a cultura das tecnologias, portanto nos dirigimos a alunos de graduação e pós-graduação em ciências sociais, psicologia, comunicação, semiótica, tecnologias da inteligência e design digital, ciência de dados, história, história da ciência, literatura, multimeios, artes visuais, artes cênicas, tecnologias da informação, informática, etc.

  • Duração: 42h
  • Local: Campus Consolação - Unidade Educação Continuada
  • INSCREVA-SE
Professor em Destaque

Profa. Dra. Maria Lucia Santaella Braga

Doutora em Teoria Literária (1973) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com pós-doutorado (1993) pela Indiana University, IU Bloomington, Estados Unidos e livre-docência em Ciências da Comunicação (1993) na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Coordenadora da Pós-graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, diretora do Centro de Investigação em Mídias Digitais (CIMID) e coordenadora do Centro de Estudos Peirceanos na PUC-SP. Presidente honorária da Federação Latino-Americana de Semiótica e membro executivo da Associación Mundial de Semiótica Massmediática y Comunicación Global, no México, desde 2004.

Saiba Mais
Professor em Destaque

Prof. Dra. Marina Costin Fuser

Prof. Dra. Marina Costin Fuser é pós-doutorando em tecnologias da inteligência sobre a semiótica de robôs feministas. Cientista social, doutora em cinema e estudos de gênero em Sussex (CAPES), com doutorado-sanduíche em Berkeley. Dentre suas pesquisas, se destacam: um estudo acerca da emancipação da mulher em Simone de Beauvoir, mulheres no teatro político de Hilda Hilst, e o nomadismo no cinema de Trinh T. Minh-ha. Em Sussex lecionou no campo de estudos culturais. Publicou os livro Palavras que Dançam à Beira de um Abismo: Mulher na dramaturgia de Hilda Hilst (EDUC) e co-editou Mulheres Atrás das Câmeras: As Cineastas Brasileiras de 1930 a 2018 (Estação Liberdade)

Saiba Mais

Cursos relacionados com inscrições abertas

Extensão, Curso Online, Curso Novo
Especialização, Curso Novo
Extensão, Curso Novo
Extensão, Curso de Férias, Curso Novo, Remoto
Especialização, Curso Novo
Extensão, Curso Online, Curso Novo
Extensão, Curso Novo
Especialização, Curso Novo
Extensão, Curso Online, Curso Novo
Especialização
Especialização
Especialização
Especialização
Especialização
Extensão, Curso Online
Menu
Educação
Continuada
J.PUC-SP
Sou PUC