E-books


A série “Autorias Negras” foi criada em 2021 com o objetivo de abrir espaços e incentivar a publicação de obras de autores negros e autoras negras, além de expandir a visibilidade sobre a temática agregando elementos propícios ao debate e ao combate ao racismo estrutural na sociedade e estimulando práticas inclusivas no próprio ambiente de produção e difusão de conhecimento. Para conhecer as diretrizes de submissão de obras, clique aqui.
Mostrando livros 1 até 2 de 2 encontrados

E-book

PERMANÊNCIA E PÓS-PERMANÊNCIA DE JOVENS NEGRAS E NEGROS NO ENSINO SUPERIOR

caminhos para a equidade étnico-racial

Marcus Vinicius Bomfim (org.)
Myrt Thânia de Souza Cruz (org.)
Pedro Javier Aguerre Hughes (org.)

Este livro registra simbolicamente um longo e coletivo processo de lutas e reflexões sobre a universidade como um locus de produção do conhecimento, do diálogo, democrático e plural. Assim deveria ser. Assim será. Que ele chegue às mãos de gestores do campo da educação e administrativos, às diversas comunidades docentes e discentes, como um elemento reflexivo sobre a questão da permanência preta nas universidades e além. Que alcance as mentes de todas e todos que, envolvidas(os) nas políticas institucionais das universidades – públicas, privadas, confessionais –, encorajam o encaminhamento da mudança e o aperfeiçoamento do ambiente e das relações das comunidades acadêmicas Brasil afora.


Impresso | E-book

RAÇA E GÊNERO

discriminações, interseccionalidades e resistências

Silvia Pimentel (coord.)
Siméia de Mello Araújo (coord.)
Beatriz Pereira (org.)
Mônica Melo (org.)

Esta coletânea representa um diálogo profícuo e generoso, pautado nas mulheres negras e suas experiências em um contexto marcado pela desigualdade econômico-social, pelo racismo e pelo patriarcado, mas principalmente como essas mulheres encontram formas outras de existência. As mulheres negras possuem visões e concepções de mundo que podem nos ajudar a elaborar formas mais sadias de existências humanas, pois, afinal, são sobre os seus ombros que essa estrutura desigual e desumana tem se construído.