Catálogo


E-book gratuito

PSICOLOGIA SÓCIO-HISTÓRICA

contribuições à leitura de questões sociais

Ana Mercês Bahia Bock (org.)
Elisa Zaneratto Rosa (org.)
Maria da Graça Marchina Gonçalves (org.)
Wanda Maria Junqueira de Aguiar (org.)

Em Psicologia sócio-histórica – Contribuições à leitura de questões sociais, não se encontram respostas simples ou caminhos e estratégias milagrosas de ação contra a desigualdade social. Cada texto, a seu modo de trabalhar a dialética singular/particular/universal e o problema social analisado, indica que “as possibilidades de enfrentamento da desigualdade são complexas e incertas”. Mas todos indicam que é preciso e é possível enfrentar a desigualdade, e um caminho é o fortalecimento da vida em comum, que continua insistindo em sobreviver entre os povos indígenas, os quilombolas ou ressurgir entre os coletivos de arte, dentre outros.


E-book

ENTRE A TELA E O ASFALTO

experiências com aplicativos de ônibus em São Paulo

Bruno Grandchamp Rodilha

Entre a tela e o asfalto oferece múltiplas entradas de leitura para o tema do uso de aplicativos de ônibus na cidade de São Paulo. Sua mistura de trechos mais informativos com trechos mais analíticos, sua combinação de temas do design e da filosofia, do urbanismo e da antropologia, seu trânsito entre diferentes registros de escrita resultam em um texto múltiplo, capaz de oferecer, ao leitor, uma experiência complexa de entendimento dos modos como a tecnologia modifica a relação das pessoas com a cidade. Uma leitura prazerosa e esclarecedora, que proporciona, aos interessados, o contato com um cruzamento rico de questões, resultando em uma forma ainda não explorada de olhar para as experiências de mobilidade que apresenta.


Impressão sob demanda | E-book

DÉCIO PIGNATARI

vida noosfera

Lucio Agra

Décio Pignatari nasceu em 20 de agosto de 1927 e faleceu em 2 de dezembro de 2012. Poeta, tradutor, professor, ator, performer, crítico, agitador cultural, cronista, um pensador e atuador completo da cultura brasileira da segunda metade do século XX, entrando pelo século XXI. Dentre suas inúmeras atividades podemos destacar a de professor no histórico início da ESDI, no Rio de Janeiro, em São Paulo no PEPG de Comunicação e Semiótica e na FAU-USP. Autor de livros-chave no pensamento brasileiro, amigo e divulgador de nomes do porte de Marshall McLuhan e Roman Jakobson, criador da Poesia Concreta, juntamente com Haroldo e Augusto de Campos.


Impressão sob demanda | E-book gratuito

ENSAIOS SOBRE MASCULINIDADES NA ATUALIDADE

Rosane Mantilla de Souza (org.)
Plínio de Almeida Maciel Jr. (org.)
Edson Luiz Defendi (org.)

O livro Ensaios sobre masculinidades na atualidade oferece contribuições para a discussão de gênero centradas nos sentidos das relações de poder entre homens e mulheres, bem como das relações entre os homens. Os diferentes ensaios nele presentes atestam que algumas masculinidades são mais valorizadas do que outras, e que, ao se considerar gênero interatuando com variáveis como classe, raça, orientação sexual, idade, nacionalidade, capacidade e etnia, o que se produz como resultado é multiplicidade e complexidade.


E-book

TECITURAS DAS CIDADES

História, memória e deslocamentos humanos

Arlete Assumpção Monteiro (org.)
Edgar da Silva Gomes (org.)
Yvone Dias Avelino (org.)

Os textos de Tecituras das cidades. História, memória e deslocamentos humanos dizem respeito às temáticas voltadas para os estudos dos deslocamentos humanos em suas mais variadas formas de abordagem: são olhares teóricos e sínteses sobre a memória e história dos mais variados objetos de estudos, que se tornaram, por sua relevância, migrações representativas de uma coleti­vidade humana em busca de novos horizontes.


E-book

PERMANÊNCIA E PÓS-PERMANÊNCIA DE JOVENS NEGRAS E NEGROS NO ENSINO SUPERIOR

caminhos para a equidade étnico-racial

Marcus Vinicius Bomfim (org.)
Myrt Thânia de Souza Cruz (org.)
Pedro Javier Aguerre Hughes (org.)

Este livro registra simbolicamente um longo e coletivo processo de lutas e reflexões sobre a universidade como um locus de produção do conhecimento, do diálogo, democrático e plural. Assim deveria ser. Assim será. Que ele chegue às mãos de gestores do campo da educação e administrativos, às diversas comunidades docentes e discentes, como um elemento reflexivo sobre a questão da permanência preta nas universidades e além. Que alcance as mentes de todas e todos que, envolvidas(os) nas políticas institucionais das universidades – públicas, privadas, confessionais –, encorajam o encaminhamento da mudança e o aperfeiçoamento do ambiente e das relações das comunidades acadêmicas Brasil afora.


Impressão sob demanda | E-book

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS

um romance contemporâneo?

Elisabete Alfeld (org.)
Maria Rosa Duarte de Oliveira (org.)

Esta coletânea de estudos sobre Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, nasceu de uma inquietação: em que medida esse romance é nosso contemporâneo? Tal questionamento gerou um conjunto de leituras que partiram de novas chaves interpretativas para a análise crítica dessa obra-prima machadiana que, como todo clássico, continua atual entre nós, porque ainda não terminou de dizer o que tinha para dizer, parafraseando Ítalo Calvino.