Catálogo


CIÊNCIAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEAS:

objetos de pesquisa

Vera Chaia, Lucia Bógus, Luís Felipe Aires Magalhães (orgs.)


Dividido em quatro eixos, Ciências sociais contemporâneas... reúne textos sobre: produção da cidade, envolvendo a produção do imaginário urbano e da memória social da cidade; imagem, (in)visibilidade, lideranças políticas e novos sujeitos sociais; questão de gênero e suas interseccionalidades, espacialmente trabalho, classe social e raça, em distintos contextos urbanos e sociais; e aspectos sagrados e religiosos a produção coletiva de arte e cultura em grupos sociais como indígenas e pessoas em situação de refúgio.


CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTOS EM SERVIÇO SOCIAL:

entre periferias, territorialidades, narrativas, experiências e cartografias

Carola C. Arregui, Dirce Koga (orgs.)
Ademir Alves da Silva, Raquel Raichelis (coords.)


O conjunto de reflexões compartilhadas no livro Construção de conhecimentos em Serviço Social entre periferias, territorialidades, narrativas, experiências e cartografias expressa os sentidos dos debates que se encontram em pauta no Grupo de Pesquisa Cidades e Territórios, do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da PUC-SP, que busca aprofundá-los diante dos novos cenários que as leituras, práticas e interlocuções coletivas têm suscitado a partir do cotidiano vivenciado e experimentado pela multiplicidade de agentes e agenciamentos que tecem suas territorialidades e cartografias pelos territórios das cidades.


COTIDIANO, CULTURA E SOCIABILIDADE:

pesquisa em Serviço Social

Maria Lúcia Martinelli, Neusa Cavalcante Lima, Amor António Monteiro, Rodrigo A. Diniz, Gracielle Feitosa de Loiola (orgs.)
Ademir Alves da Silva, Raquel Raichelis (coords.)


Os artigos que compõem esta coletânea indicam o grau de maturidade da pesquisa sobre os temas que a intitulam: cotidiano, cultura e sociabilidade. É possível identificar um fio que atravessa, tece e da organicidade aos seus dez artigos: o fio da história social e do sujeito que a faz se fazendo nela. A história social e a substância dos artigos; o tempo presente e a sua matéria. Todos os objetos neles analisados e reconstruídos rigorosa e criticamente, por meio de categorias teóricas, foram captados no movimento concreto do cotidiano, gerados e gestados por determinada sociabilidade constituinte e constitutiva da identidade individual e social dos sujeitos, e se convertem em requisições ao trabalho profissional.


DIFERENTES E IGUAIS:

religiões e dinâmicas migratórias na cidade de São Paulo

Suzana Ramos Coutinho, Wagner Lopes Sanchez (orgs.)


Diferentes e iguais..., organizado em 3 eixos: teórico, político e religioso, mostra os desdobramentos possíveis desses eixos e, também, como ocorrem, tanto no campo teórico como no campo prático, as relações possíveis entre as realidades sociais, os problemas decorrentes dessas relações e os impactos sociais colocados a partir da interface religião e migração. A abrangência do tema se dá tanto pela complexidade da realidade dos fluxos migratórios e sua interface com a religião como pelas diversas facetas com que as expressões se articulam no campo social.


ÉTICA, DIREITOS HUMANOS E NEOCONSERVADORISMO

Maria Lucia Silva Barroco (org.)
Ademir Alves da Silva, Raquel Raichelis (coords.)


Desde 2010, o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Ética e Direitos Humanos (do PEPG em Serviço Social da PUC-SP) tem se dedicado à investigação do conservadorismo, em sua forma clássica e neoliberal, assim como do irracionalismo, do fascismo, dos fundamentalismos e fanatismos, em suas mais diversas formas de manifestação e sempre em relação com a ética, a política, a cultura, os direitos humanos e o Serviço Social. Esta coletânea de textos do Núcleo, está dividida em dois tempos, que correspondem ao seu período de origem e ao momento atual. Os textos de origem têm início com a crítica do apartheid social brasileiro, elaborada pelo filósofo Mario Sergio Cortella, em 1996, permitindo ao leitor tecer comparações com a realidade atual; e o tempo atual é composto pela produção dos/as alunos/as do Núcleo entre 2013 e 2019, acrescido de dois artigos da coordenadora, que trata do irracionalismo, dos direitos humanos e da emancipação humana.


INFÂNCIAS E JUVENTUDES:

proteção de direitos e violações

Eunice T. Fávero (org.)
Ademir Alves da Silva, Raquel Raichelis (coords.)


Sistematizando debates e pesquisas desenvolvidos por integrantes do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Crianças e Adolescentes – ênfase no Sistema de Garantia de Direitos, do PEPG em Serviço Social da PUC-SP, esta coletânea reúne um primeiro esforço coletivo de parte de pesquisadores, visando socializar conhecimentos que possam, de alguma maneira, incidir no trabalho e na luta política em prol da proteção de direitos de crianças, adolescentes e suas famílias – em alinhamento ao paradigma da proteção integral e sob a análise crítica em diálogo com o Sistema de Garantia de Direitos de crianças, adolescentes e jovens.


JOVENS LATINO-AMERICANOS

Necropolíticas, culturas políticas e urbanidades

Silvia H. S. Borelli, José Manuel Valenzuela (Editores)


Uma primeira advertência deve ser feita aos leitores deste livro. Não esperem encontrar, neste livro, visões edulcoradas ou abordagens esquemáticas. Antes, é de um cenário de tensões e também de múltiplas conexões que partem nossos autores e autoras para abordar a complexa vivência de jovens na América Latina. Já de início, a proposta desta jornada de fôlego fica clara. É sob um regime necropolítico que nos vemos assentados, e a extensão dos seus impactos nefastos faz-se sentir de modo dramático e destacado por inúmeras juventudes. Existem fantasmas e cadáveres a nos espreitar, de Tijuana a Santiago do Chile, de Córdoba ao Rio de Janeiro, de Buenos Aires a São Paulo, de Bogotá à Zona da Mata mineira.