Fonoaudiologia

slider

Guia do Estudante: mais cursos estrelados
A PUC-SP aumentou o número de cursos estrelados na premiação Melhores Universidades,...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/guia-do-estudante-mais-cursos-estrelados
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/guia-do-estudante-estrelas-noticias.jpg
A PUC-SP é a melhor universidade privada do país em qualidade de ensino pelo terceiro...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/puc-sp-melhor-em-qualidade-de-ensino-no-ruf
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/ruf_2016_noticias_peq2.jpg
A PUC-SP divide com a PUC-Rio o posto de melhor universidade privada brasileira no...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/ranking-qs-puc-sp-entre-melhores-do-mundo-0
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/template-carrossel-noticia-qsranking_0.jpg
Apresentação 

 

A graduação em Fonoaudiologia da PUC-SP é uma das mais tradicionais do país. Foi criada em 1962 e já formou quase 8 mil profissionais. Os fonoaudiólogos são profissionais que tratam de disfunções da comunicação nas áreas de linguagem, voz, motricidade orofacial e audição, exercendo a função terapêutica e promotora da saúde. Podem atuar na gestão pública, na carreira docente e como pesquisadores. 

O curso proporciona formação interdisciplinar e investigativa no campo da saúde, observando sempre valores éticos e de responsabilidade social. Há profissionais formados pela PUC-SP em cargos de gestão pública nos âmbitos federal, estadual e municipal e na carreira docente de ensino e pesquisa.

Para saber mais sobre a história da Fonoaudiologia na PUC-SP e ver depoimentos de ex-alunos, acesse www.pucsp.br/fono50anos.

Diferenciais do curso:

  • A PUC-SP é a única universidade privada no ranking mundial da consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS);
  • A PUC-SP é a melhor universidade privada do país em qualidade de ensino de acordo com o Ranking Universitário Folha (RUF) 2015;
  • Corpo docente altamente qualificado, com títulos de mestre ou doutor;
  • Ex-alunos inseridos no mercado de trabalho e nas melhores pós-graduações do país;
  • Durante o curso, os estudantes são envolvidos em atividades de pesquisa (iniciação científica) e de desenvolvimento científico, profissional e pessoal (intercâmbio com instituições estrangeiras).
  • Teoria e prática integradas: além dos estágios obrigatórios, a graduação participa de dois projetos do Governo Federal para inserção de estudantes na rede pública de serviços de saúde, o Pró-Saúde II e o PET-Saúde. Ambos promovem articulação entre graduandos e profissionais de Fonoaudiologia e de outras áreas, como Psicologia, Fisioterapia e Serviço Social.
  • Os estudantes que escolhem a PUC-SP contam com a vantagem de realizar um curso que dispõe de currículo integrado: os cursos de Fonoaudiologia e Fisioterapia têm 30% de suas disciplinas oferecidas conjuntamente. A articulação permite que os profissionais formados em um dos dois cursos ingressem na outra graduação e a concluam em menos tempo, pela equivalência de disciplinas.

Facebook Botão Página - COS
 

Formas de Ingresso 
  • Processo seletivo por meio de exame vestibular aberto a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Processo seletivo específico para portadores de diploma de graduação, sob condição de existência de vagas abertas pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Matrícula por transferência sob a condição de existência de vaga, obedecendo ao calendário da Universidade ;
  • Prouni, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Reopção de curso, aberta pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade.
Gestão 

O curso de Fonoaudiologia está alocado na Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde (FaCHS) da PUC-SP. A gestão da unidade é composta por:

Diretora da FaCHS: Profa. Dra. Márcia Almeida Batista / mbatista@pucsp.br

Diretora-adjunta da FaCHS: Profa. Dra. Maria Laura Wey Martz / lauramartz@pucsp.br

Coordenadora da graduação em Fonoaudiologia: Profa Dra Maria Lucia Hage Masini tel. (11) 3670-8173 – mmasini@pucsp.br

Vice coordenadora da graduação em Fonoaudiologia: Profa Dra Nadir da Gloria Haguiara Cervellini

Expediente da FaCHS: fonofisio@pucsp.br / (11)3670-8168 ou (11) 3670-8553

Corpo Docente 

Alfredo Tabith Junior  

Titulação: Mestrado completo

Anos de Casa: 47 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 46 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Foniatria ii

Acessar Currículo Lattes

Altair Cadrobbi Pupo  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 40 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 38 ano(s) e 3 mês(es).

Disciplinas: Audiologia i
Prática em audiologia i

Acessar Currículo Lattes

Ana Luiza Marcondes Garcia  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 36 ano(s) e 2 mês(es).

Tempo de Trabalho: 34 ano(s) e 9 mês(es).

Disciplinas: Linguística

Acessar Currículo Lattes

Edilene Marchini Boechat  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 28 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 26 ano(s) e 5 mês(es).

Disciplinas: Fundamentos biológicos da audição

Acessar Currículo Lattes

Eliane Hojaij Gouveia  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 45 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 45 ano(s) e 7 mês(es).

Disciplinas: Antropologia e saúde

Acessar Currículo Lattes

Leslie Piccolotto Ferreira  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 43 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 43 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Estágio supervisionado em fonoaudiologia i

Acessar Currículo Lattes

Maria Cecilia Bonini Trenche  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 42 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 42 ano(s) e 7 mês(es).

Disciplinas: Estágio supervisionado em saúde coletiva i
Saúde coletiva i

Acessar Currículo Lattes

Maria Cecilia de Moura  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 43 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 43 ano(s) e 7 mês(es).

Disciplinas: Fundamentos biológicos da fala e da motricidade orofacial
Língua brasileira de sinais - libras
Orientação de tcc i

Acessar Currículo Lattes

Maria Cláudia Cunha  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 36 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 36 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Métodos clínico-terapêuticos: linguagem oral i

Acessar Currículo Lattes

Maria Cristina da Cunha Pereira Yoshioka  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 48 ano(s) e 5 mês(es).

Tempo de Trabalho: 46 ano(s) e 2 mês(es).

Disciplinas: Língua brasileira de sinais - libras

Acessar Currículo Lattes

Maria Laura Wey Martz  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 28 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 28 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Métodos clínico-terapêuticos: voz i

Acessar Currículo Lattes

Maria Lucia Hage Masini  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 30 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 30 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Estudos interdisciplinares no campo da saúde v

Acessar Currículo Lattes

Noemi Grigoletto de Biase  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 18 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 18 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Embriologia e genética
Morfofisiologia humana

Acessar Currículo Lattes

Regina Maria Ayres de Camargo Freire  

Titulação: Pós Dout.completo

Anos de Casa: 46 ano(s) e 4 mês(es).

Tempo de Trabalho: 46 ano(s) e 4 mês(es).

Disciplinas: Estudos interdisciplinares no campo da saúde i
Métodos clínico-terapêuticos: linguagem escrita

Acessar Currículo Lattes

Renata Escorcio  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 5 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 5 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Morfofisiologia humana

Acessar Currículo Lattes

Ruth Ramalho Ruivo Palladino  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 38 ano(s) e 1 mês(es).

Tempo de Trabalho: 37 ano(s) e 8 mês(es).

Disciplinas: Aquisição da linguagem oral ii

Acessar Currículo Lattes

Tereza Loffredo Bilton  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 30 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 28 ano(s) e 11 mês(es).

Disciplinas: Estágio supervisionado em unidade hospitalar i
Métodos clínico-terapêuticos: motricidade orofacial e disfagia i

Acessar Currículo Lattes

Vera Helena de Souza Cury  

Titulação: Mestrado completo

Anos de Casa: 35 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 35 ano(s) e 0 mês(es).

Disciplinas: Neurofisiologia

Acessar Currículo Lattes

Vera Regina Vitagliano Teixeira  

Titulação: Mestrado completo

Anos de Casa: 43 ano(s) e 7 mês(es).

Tempo de Trabalho: 43 ano(s) e 2 mês(es).

Disciplinas: Estágio supervisionado em fonoaudiologia e educação

Acessar Currículo Lattes

Wagner Lopes Sanchez  

Titulação: Doutorado completo

Anos de Casa: 14 ano(s) e 5 mês(es).

Tempo de Trabalho: 14 ano(s) e 5 mês(es).

Disciplinas: Introdução ao pensamento teológico ii

Acessar Currículo Lattes

Zuleica Antonia de Camargo  

Titulação: Pós Dout.completo

Anos de Casa: 20 ano(s) e 6 mês(es).

Tempo de Trabalho: 20 ano(s) e 6 mês(es).

Disciplinas: Fonética e fonologia

Acessar Currículo Lattes

Laboratórios 

O curso conta com uma estrutura de laboratórios de Anatomia, Fisiologia e Histologia; de Estudos da Voz; de Fonética e Fonologia.

Há ainda laboratórios de informática administrados pela Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) da PUC-SP. Com um total de 31 laboratórios de informática, divididos entre os campi Marques de Paranaguá (8), Monte Alegre (19) , Santana (2), Barueri (1) e Sorocaba (1), todos conectados em rede à uma velocidade de 100Mps.

Esses mais de 1000 computadores integram os cerca de 2300 computadores da grande rede PUCSPNet, totalmente conectada à Internet, onde utilizamos um link principal de acesso com velocidade de 1Gbps.

Contamos ainda com uma política de licenciamento de software através de programas educacionais e parcerias com empresas como IBM (IBM Rational), Microsoft (MSDN Academic Alliance), CorelDraw, Adobe (Flash, Dreamweaver, InDesign, Photoshop, Director),  além de softwares específicos como Vue, Cinema 4D, SPSS, SolidWorks, entre outros.
Avaliação do aluno 
  • Processual;
  • Atenta às competências e habilidades necessárias a serem desenvolvidas;
  • A aprovação do aluno, em cada uma das disciplinas e/ou atividades curriculares, inclui a frequência mínima obrigatória de 75% nas aulas presenciais;
  • Nota mínima para aprovação em cada disciplina: 5,0 (cinco).
TCC 
  • O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é parte integrante do currículo do curso;
  • É apresentado sob a forma de ensaio monográfico que complementa o memorial que o estudante vem realizando desde o início do curso;
  • Está vinculado a qualquer área da Fonoaudiologia ou área afim preferencialmente integrada em uma das linhas de pesquisa dos departamentos do Curso de Fonoaudiologia;
  • A avaliação do trabalho será efetuada pelo professor orientador, considerando o resultado da qualificação realizada por banca composta pelo professor orientador, pelo professor da disciplina Orientação de TCC e por um professor especialista convidado. 
  • Nota mínima para aprovação: cinco (5,0)
Atividades de formação 
As atividades complementares no Curso de Fonoaudiologia são caracterizadas por atividades de ensino, pesquisa e extensão, com vistas à ampliação de conhecimentos necessários à sua formação, ao desenvolvimento de competências e habilidades de acordo com o perfil do egresso. Estão divididas da seguinte forma:

 

Atividades Acadêmicas:

Horas por atividades e máximo de horas

(1) Disciplinas optativas de outros departamentos da PUC-SP ou outras Universidades

20

20

(1) Curso de língua estrangeira ou certificado de proficiência em língua estrangeira

20

20

(2) Curso de extensão (mínimo de 30 h)

20

40

(1) Monitoria (30/30)

30

30

(1) Estágio não obrigatório (mínimo de 80 horas)

30

30

(5) Assistir a defesas de dissertações e teses em programas de Pós-Graduação

02

10

(2) Representação discente

05

10

(5) Participação como ouvinte em Palestra, conferência ou ATP

02

10

Atividades Científicas:

 

(1) Iniciação Científica

40

40

(3) Participação em  Congressos

10

30

(2) Participação em colóquios ou jornadas

05

10

(3) Apresentação de trabalho em Eventos Científicos

15

45

(2) Organização de eventos científicos junto à Faculdade: (Semana de Fonoaudiologia; Colóquios)

10

20

(2) Publicação de trabalho em periódicos científicos

20

40

Atividades Culturais e Estudantis:

 

(5) Ida a Teatro, Cinema, Museus e Musicais

02

10

(1) Participação em companhia/grupo de teatro,  grupo musical

05

05

(3) Publicação de textos de gêneros não acadêmicos em revistas, jornais e livros e meios eletrônicos

05

15

(2) Representação em agremiações estudantis

05

10

(4) Participação em eventos esportivos como atletas 

02

08

Horas proporcionais:

Atividades acadêmicas:

40%

Atividades científicas:

40%

Atividades culturais/estudantis:

20%

Estágio curricular 

Inicia-se, a partir do 5o período, no campo da audição, voz, linguagem e motricidade oral e caracteriza-se por ações de promoção da saúde, prevenção de agravos à saúde e reabilitação das alterações fonoaudiológicas, em práticas de assistência individual ou coletiva.

É realizado em diferentes instituições, como:

  • DERDIC – Divisão de Ensino e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação – PUC-SP
  • Equipamentos do Serviço Público de Saúde: UBS, NASF, NIR e hospitais
  • Equipamentos do Serviço Público de Educação e Cultura: escolas e bibliotecas

Total de horas de estágio: 1242h 

Grade Curricular 
Campus Monte Alegre
Selecione o periodo:
Mensalidades 
A Universidade adota o Regime Financeiro semestral ou anual de cobrança, de acordo com o Projeto Pedagógico do curso, sendo a semestralidade ou anuidade paga em até 06 (seis) ou em até 12 (doze) parcelas mensais sucessivas, conforme o caso.
 
O cálculo das mensalidades é feito com base em todas as atividades (disciplinas e outros componentes curriculares) relativas a cada período letivo do curso, de acordo com seu Projeto Pedagógico.

Valor da mensalidade
O Edital de Mensalidades é publicado nos quadros de aviso da Universidade e os valores de cada curso são calculados com base nas atividades pedagógicas previstas.

Aproveitamento de Estudos
O estudante que ingressar através do processo de Transferência ou pelo processo de Portador de Diploma e tiver aproveitamento de estudos e/ou adaptação curricular, realizará a matricula nas atividades pedagógicas de acordo com o plano de estudos elaborado pela coordenação do curso.

Reajustes de mensalidades
Os valores das mensalidades estão sujeitos aos reajustes conforme Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Data do vencimento
A data de vencimento de cada mensalidade ocorrerá sempre no dia 5 (cinco) de cada mês.

Pagamento
Os pagamentos efetuados até o dia 1º do mês serão - por mera liberalidade - objetos de um desconto por antecipação, conforme discriminado no boleto. Este desconto pode ser suspenso sem prévio aviso.
Reconhecimento 

Decreto Federal Nº 80527 de 10/10/1977  Data de Publicação: 11/10/1977  Nº Parecer / Despacho: 2086/1977 CFE Data Parecer / Despacho: 02/08/1977

Duração 
Duração mínima:
4 anos (8 semestres)
Duração máxima:
6 anos (12 semestres)
Avaliação do curso 

O curso de Fonoaudiologia da PUC-SP passa por diversas avaliações internas e externas, garantindo seu constante aprimoramento.

Dentro da Universidade, os processos são os seguintes:

  • Avaliação contínua do aluno; 
  • Avaliação das condições de ensino (infraestrutura, equipamentos e gestão acadêmico-administrativa);
  • Avaliação dos aspectos didático-pedagógicos do corpo docente, realizada por meio da avaliação do professor e da docência pelo aluno.

 

Externamente, o curso recebe as seguintes avaliações:

  • Por meio do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes);
  • Por meio dos resultados do Enade;
  • Por meio das avaliações in loco do Ministério da Educação (MEC).
Competência e habilidades 

O aluno do curso de Fonoaudiologia deverá ser capaz de:

 

  • Identificar, diagnosticar e tratar demandas individuais e/ou coletivas, relacionadas ao funcionamento e às disfunções da comunicação, realizando procedimentos técnicos nas áreas de linguagem, voz, motricidade orofacial e audição, exercendo a função terapêutica e promotora da saúde;
     
  • Identificar e enfrentar situações problemáticas no âmbito clínico e/ou terapêutico, criando soluções singulares em função de contextos específicos em nível individual ou coletivo;
     
  • Analisar e compartilhar ações e estratégias de gestão de redes, serviços de saúde, programas e projetos, envolvendo trabalho em equipe e relacionamento interpessoal;
     
  • Refletir  e atuar dentro dos princípios da ética e bioética.
     
  • Conhecer e intervir em sistemas institucionais: familiar, cultural, educacional, de saúde, empresarial, entidades profissionais, científicas.
     
  • Realizar análise sobre processos de trabalho e protagonizar ações  de gestão em nível micro e macro político.
     
  • Gerenciar relações e superar conflitos.
     
  • Conhecer e refletir sobre a realidade brasileira (global e local).
     
  • Identificar, avaliar e valorizar possibilidades, direitos, limites e necessidades  pessoais.

 


Estudantes em atividade no Dia Mundial da Voz,
coordenado pela prof. Léslie Piccolotto, do Laborvox.
Áreas de atuação 

Os profissionais atuam em:

  • Clínicas, hospitais, centros de reabilitação, centros de convivência das redes pública e privada;
  • Instituições educacionais;
  • Estúdios de TV, rádio e dublagem;
  • Companhias de teatro, canto e cinema;
  • Agências de publicidade;
  • Empresas.
Vagas turnos e campi 

Aguarde informações.

Histórico 

A profissão de fonoaudiólogo, em nível superior, iniciou-se no Brasil com a vinda do foniatra argentino Dr. Julio Bernaldo Quirós e de sua assistente Rosa Vispo e, posteriormente, com a ida de dois médicos brasileiros à Argentina, onde se especializaram em Foniatria: Dr. Américo Morgante e Dr. Mauro Spinelli. Na volta ao Brasil, eles inauguraram, em suas respectivas universidades (USP e PUC-SP), os cursos de graduação em "Logopedia" para formar terapeutas que tratassem de indivíduos portadores de problemas de voz, fala, linguagem e audição. Isto aconteceu em 1960 na USP e em  1961 na  PUC-SP. A área, conhecida até os anos sessenta como Logopedia ou Ortofonia, e considerada parte da Foniatria, passou a ser conhecida como Fonoaudiologia.

A profissão de fonoaudiólogo foi regulamentada em 1981; dois anos depois instalou-se o Conselho Federal de Fonoaudiologia e, em 1986, foi criado o Conselho Regional de Fonoaudiologia da 2ª região, em cuja jurisdição está também o Estado de São Paulo.

Ao longo de sua história, a Fonoaudiologia PUC-SP acumulou conhecimento, desenvolveu métodos, delineou seu campo teórico e prático, conquistou espaços, travou interlocuções com outros campos de saber. A área ampliou e reestruturou seu campo de atuação em função de suas conquistas, sempre comprometida com as demandas sociais, preocupada com a formação humanística e o incentivo do pensar e do agir crítico e autônomo.

 


Profa. Lila Pupo (à direita) entrevistando Andrea Pereira,
fonoaudióloga, no programa Direito à Palavra.
 
 
 
Objetivos 
  • Propiciar educação integral para o trabalho interdisciplinar e intersetorial em saúde e educação;
     
  • Propiciar formação crítica e capacidade de resolver problemas no campo profissional da Fonoaudiologia, considerando a ética como o mais importante princípio de sua atuação; 
     
  • Propiciar condições para construção de relacionamentos interpessoais, em que se considere os determinantes históricos, psicológicos, socioculturais e linguísticos que condicionam a vida das pessoas com as quais interage (paciente, profissionais, familiares, colegas, professores etc);
     
  • Contribuir para a transformação das práticas de saúde, promovendo formação a partir do conhecimento dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da atualização técnico-científica, levando em consideração a necessidade da formação humanística;
     
  • Propiciar o domínio de métodos e técnicas de avaliação e diagnóstico e intervenção fonoaudiológicos e as competências e habilidades para participar junto a equipes multi e/ou interdisciplinares;
     
  • Incentivo à participação dos estudantes em eventos culturais e científicos desde o primeiro semestre letivo.
     
  • Incentivo ao intercâmbio internacional.

Jéssica Rodrigues e Layssa Gorzoni, na Feira Educar, representando os estudantes da Fono PUC-SP

Na foto, Giovana Esturaro e Luana Contardi em Setubal, Portugal.
Grau 
Bacharelado
Regime de matrícula 
Semestre
Campus 
Campus Perdizes
Modalidade 
Presencial
Coordenação 
  • Coordenadora:
    Profa. Dra. Maria Lucia Hage Masini
    E-mail: mmasini@pucsp.br

  • Vice-coordenadora:
    Prof.ª Dra.  Nadir da Glória Haguiara Cervellini     

Contato 

O expediente do Curso de Fonoaudiologia atende às demandas dos estudantes e professores referentes aos assuntos internos do curso e suas disciplinas.

Telefone: (11) 3670.8553/3670.8173
E-mail: fono@pucsp.br

Informações sobre Iniciação Científica, Comitê de Ética e  Monitoria : deptofachs@pucsp.br  ou ligue para 3670.8157
Agendamento de reunião com a Coordenação - fono@pucsp.br  ou ligue para 3670.8553 
Direção –  direcaofachs@pucsp.br / supervisãofachs@pucsp.br  ou ligue para 3670.8168

Rua Monte Alegre, 984 - sala T-52 –A  – Perdizes  
São Paulo – SP CEP 05014-001
Horário de Funcionamento: 07h30 às 21h

Todas as questões administrativas dos estudantes devem ser remetidas ao Atendimento da SAE. Ele tem como função o atendimento das seguintes requisições dos alunos:

  • Fornecimento de documentos: Histórico Escolar, Declarações, Atestados, Programas de disciplinas;
  • Solicitação de equivalência em disciplinas cursadas na Universidade e fora dela;
  • Alteração de endereço do aluno;
  • Revisão de nota e frequência;
  • Solicitação de bilhete único da SP-Trans e MTU
Eventos 

Clique aqui para acessar a Programação da Semana de Integração 2014 - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA SAÚDE

Clique aqui para acessar a Programação da Semana de Integração 2015 - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA SAÚDE

Revistas 

Distúrbios da Comunicação. ISSN 2176-2724

disturbios.jpgA revista Distúrbios da Comunicação é uma publicação científica trimestral (semestral até 2003 e quadrimestral até 2013) do Curso de Fonoaudiologia, Pós Graduação em Fonoaudiologia e DERDIC (Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação) - PUCSP, com circulação regular desde 1986, editada pela EDUC - editora da PUCSP. Desde 2009, passa a ser publicada somente on-line, com acesso aberto. É um periódico especializado, aberto a contribuições da comunidade científica nacional e internacional, arbitrada e disponibilizada a leitores do Brasil e de outros países. Está indexada na base de dados LILACS - Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde - desde 1998. Tem por finalidade a fundamentação, através de evidências científicas, da Fonoaudiologia em uma vertente em que as ciências humanas são também incorporadas.

Acessar revista

Situação 
Matrículas encerradas
ID Curso Totvs 
218
ID Filial Totvs 
1
Matriz Curricular 
Última atualização: 27/9/2016

Conecte-se à PUC-SP