Selecione abaixo a informação que deseja visualizar.

Página Inicial
Curso da UAM
História do Jornal
Quem Somos
Crônicas
Aspectos Biopsicossociais
Com a Palavra o Professor
Gente Notável
Entrevista
Eventos & Notícias
Palavra Poética
Sabor & Saber
Turismo
Curiosidades
Caça-palavras
Cultura & Lazer
Carta do Leitor
Edições Anteriores
Videoteca
Galeria de Imagens
Fale Conosco
  Cadastre-se

 

 

 

A comunicação verdadeira com o semelhante se estabelece através dos fios sutis das emanações do coração e da escuta compassiva, que é fundamental na comunicação e acontece quando ouvimos o outro e o acolhemos no coração, sem pré-julgamentos. Mas muita gente não sabe ouvir o seu interlocutor. Sobre o assunto, leia o artigo “A Arte do Encontro”, de Marilu Martinelli.

Uma das criações mais importantes da modernidade é a geladeira. Ela surgiu como uma das consequências da Revolução Industrial. As empresas precisavam armazenar alimentos e bebidas em um ambiente refrigerado, o que as levou a procurar uma solução tecnológica. O primeiro sistema de refrigeração foi desenvolvido no século XIX por um frigorífico de Chicago nos Estados Unidos. Leia a pesquisa feita pela Viviane Bigio.

Eu vejo, observo e escrevo. Assim surgem as crônicas: “Envelhecimento da Laranja”, de Ana Maria Gomes; “Meus Pés”, de Janete Salfatis; e “1968”, de Sueli Carrasco.

A escritora paulistana Alina Perlman escreve para o público infantil e, para tal, tem como inspiração tudo que a rodeia. Em seu livro “Aconteceu em Talvez”, de 1999, Alina declarou: “um dia a inventadeira de histórias que mora dentro de mim resolveu tomar conta de minha vida”. Na entrevista o leitor conhecerá a mãe, a avó e a escritora.

Conheça algumas notícias da UAM:

A professora da UAM, Dra. Beth Hong, participou da Campanha Outubro Rosa realizando palestra na Câmara Municipal de São Paulo. Na oportunidade, ela homenageou Maria Ignez Andrade Saadi, pela benemérita campanha que faz com as crianças com câncer com o projeto “A mala de artes da menina Alessandra”. Leia mais notícias que aconteceram no último semestre.

Os livros “Estação Carandiru” e “Carcereiros” reúnem histórias de detentos e de funcionários das prisões. Dr. Drauzio Varella completa sua trilogia com o livro “Prisioneiras”, onde descreve a maneira como mulheres mães, irmãs e filhas vivem dentro da Penitenciária Feminina da Capital. Muitas esquecidas por seus parceiros. Essas são as sugestões de leitura de Nilde Tavares Lima.

* Os artigos publicados no jornal Maturidades são de inteira responsabilidade dos autores
(que exprimem suas opiniões e assinam seus artigos) devendo ser encaminhada
a estes toda e qualquer sugestão, crítica ou pedido de retratação.
       
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo • PUC-SP - Design DTI•NMD - 2016