Pagina Inicial Contato Sites da PUC

Você sabia que existe relação entre sono e voz?

Fabiane Kayamori, Marta Assumpção de Andrada e Silva e Esther Mandelbaum Gonçalves Bianchini

Um sono é um estado fisiológico que ocorre de maneira cíclica dependendo de fatores externos e internos do organismo. Durante o sono o sistema imunológico produz substâncias fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. Além do hormônio do crescimento e de produção adequada dos hormônios relacionados ao peso corporal como a grelina e leptina. Portanto uma noite bem dormida interfere na saúde como um todo, na qualidade de vida e na voz.  Um sono reparador, que de fato repõem nossas energias e nos deixa descansados contribuirá para uma qualidade vocal adequada.

Ao acordar geralmente a voz fica mais grave, isso ocorre em decorrência do edema (retenção de líquido) nas mucosas que envolvem as pregas vocais (nome científico das cordas vocais). Após falar 30/40 minutos a voz volta ao padrão habitual, isso lógico se a noite for boa, uma noite mal dormida pode deixar a voz grave ou até rouca o dia inteiro. Nesse caso o ideal é procurar fonoaudiólogo e/ou um otorrinolaringologista.

Vários fatores influenciam na qualidade do sono, um deles é a respiração nasal, uma vez que desta forma o ar que chega às pregas vocais será filtrado, aquecido e umedecido. Portanto, respirar pela boca durante o sono e roncar além de prejudicar a qualidade do ar, podem fazer parte de um quadro de apneia obstrutiva do sono. A apneia obstrutiva do sono que são as pausas respiratórias durante o sono é uma das doenças do sono que pode trazer sérias consequências ao organismo.

Voz com boa qualidade depende de um sono reparador!

Apoio:
 

Compartilhe:


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Desing: DTI-NMD