Exposições - Performance Jô

Uma sequência dos impactos antecedidos pelas meninas alvas da performance Fridacidade, curada por Jô Souza na PUC-SP na celebração dos vinte anos do Centro de Pesquisa Sociossemióticas - CPS,criado em 19 de novembro de 1994.

 

Fridas alvas, com aparências mais brancas pelas vestes claras, arranjos florais multicolor nos cabelos e adereços em xales coloridos, montam a dinâmica de contrastes, com que as jovens, na leveza dos seus corpos, carregando o peso em sua alma, visavam colocar a mulher em ato de suas ações criadoras. Com uma montagem criativa de impactos sensibilizadores, essa realização visou promover uma reflexão ampla sobre os impactos impressivos da urbe na nossa cotidianidade e que cabe à universidade estar atenta para promover um pensar crítico.

 

Fridas alvas em movimento sob salva de pétalas de rosas coloridas levam o público da atividade de abertura do XX Colóquio do CPS, ocorrida nas dependências do Tuca, para irem descendo com elas em interações várias pelas rampas da entrada do Prédio central da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo pela Rua Monte Alegre, até o Prédio Bandeira de Mello. Aí chegando, na confluência de entrada e saída dos alunos do turno vespertino e noturno, elas se estiram no piso, para serem vistas da verticalidade das pessoas de pé e causarem impactos na sua horizontalidade.