I Encontro de Literatura Juvenil do PEPG-LCL reuniu pesquisadores de várias universidades

O I Encontro de Literatura Juvenil, realizado em 17/10/2017, contou com a presença da professora portuguesa Ana Margarida Ramos (Universidade de Aveiro) e foi um dia de discussões e trocas de conhecimento para pesquisadores de várias instituições.

Com organização da professora Diana Navas (PUC-SP) e do professor Maurício Silva (UNINOVE), o evento contou também com a participação das professoras Juliana Loyola (UNIFESP) e Maria Auxiliadora Baseio (UNISA), bem como do escritor Gil Veloso.

As professoras Juliana Loyola e Dora Baseio fizeram uma exposição acerca de suas vivências junto aos estudantes secundaristas e também em âmbito acadêmico. Ambas relataram seus trabalhos nas diferentes formas de abordagem da literatura com os jovens leitores, como conseguiram despertar os interesses dos alunos tanto para o hábito de ler como para o de escrever – perspectivas críticas que têm se desenhado na contemporaneidade.

A mestranda Cibelle Migliorança reiterou a importância do evento: “A Literatura Juvenil, assim como qualquer gênero literário, é repleta de possibilidades e complexidades. Esse encontro proporcionou aos estudiosos da literatura desafios, mas ao mesmo tempo maravilhamento com as novas formas”. Telma Ventura, também mestranda do Programa, complementa a afirmação da colega: “A Literatura Juvenil tem conquistado espaços cada vez mais amplos na sociedade contemporânea, crescendo em popularidade e interesse. É possível perceber que o gênero tem desconstruído os muros entre as diferentes gerações de leitores, criando um diálogo entre toda a arte da literatura. E, por causa disso, os pesquisadores da área puderam compreender que a experimentação literária abarca todas as faixas etárias de leitores, e não apenas os jovens”.

Durante a tarde, o público pôde conhecer um pouco mais sobre as novas estéticas e os temas que têm sido abordados em Portugal por meio da fala da professora Ana Margarida Ramos, que trouxe obras de escritores portugueses. O escritor Gil Veloso compartilhou seu processo criativo.

Diana Navas, professora do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Crítica Literária e uma das organizadoras do evento, avalia que “o encontro mostrou-se muito relevante por promover a discussão e reflexão acerca da Literatura Juvenil entre especialistas de diferentes instituições. Juntos pudemos pensar as especificidades e tendências da literatura preferencialmente destinada aos jovens leitores, compartilhando possibilidades de sua abordagem no ensino.”

Curso

Literatura e Crítica Literária

Conecte-se à PUC-SP