Histórico

A PUC/SP, construiu sua história tendo como base a concepção humanista que dirige a análise das lutas sociais em defesa dos Direitos Humanos, contribuindo para construção de uma sociedade justa e igualitária. Além disto, é protagonista na criação e garantia de um espaço pluralista, democrático que possibilite o debate de idéias e ideais provocando novos paradigmas que viabilizem ações de construção da cidadania.

Na década de 70, surgia no Centro de Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP, uma equipe de professores, funcionários e universitários de várias áreas do conhecimento, com atuação em diferentes áreas de intervenção, quais sejam, atendimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, projetos de educação rural, formação de educadores sociais, com a perspectiva de construir conhecimentos e socializá-los com movimentos sindicais e sociais.

Em 1991 é reconhecido oficialmente como Núcleo de Trabalhos Comunitários – NTC e passa a compor os quadros da PUC-SP.

Com uma equipe comprometida com a transformação da realidade social, o NTC procura promover a união entre teoria e prática atuando com procedimentos metodológicos baseados numa concepção de educação libertadora, a luz da filosofia Freireana.