Superior de Tecnologia em Jogos Digitais

slider

A edição 2014 da SPJam, maratona de desenvolvimento de jogos digitais e analógicos, foi...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/spjam-reune-amantes-dos-games
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/spjam.jpg
Sabia que a PUC-SP oferece diversas parcerias e intercâmbios internacionais? Fique de...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/puc-sp-oferece-oportunidades-internacionais
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/internacionalizacao-2014-04-10-620x318_vs2.jpg
O Vestibular PUC-SP 2015 está com inscrições abertas até 18/11. A prova acontece dia 7/...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/vestibular-puc-sp-2015-inscricoes-abertas
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/pucvest2015-banner_carrossel-620x318.jpg
Apresentação 

Facebook Botão Página - COS

 


A criação do Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais é uma das principais iniciativas da PUC-SP buscando fornecer a seu aluno, uma formação profissional básica que o leve a um processo autônomo de educação continuada dentro desta novíssima e tão fascinante, quanto promissora área do saber.

O Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais tem como objetivo central fornecer uma sólida formação humanista e tecnológica aos alunos, futuros profissionais na área do desenvolvimento e produção de games (jogos eletrônicos).

As áreas e competências relativas a este curso técnico, o localiza dentro do campo do saber do Design, dentro do quadro de áreas profissionais disposto na Resolução CED 04/99, com carga horária já adequada ao tecnólogo.

Ainda em observância a esta resolução e o perfil da área profissional, o Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais compreende o desenvolvimento de projetos em suas etapas de criação, planejamento e execução, neste caso, de games.

As várias atividades pedagógicas foram organizadas em grandes módulos temáticos, os quais permitem a concentração e delimitação lógica de parentescos, afinidades e dependências, tanto técnicas como conceituais.

O parentesco epistemológico existente entre determinadas atividades didáticas produz o seu aglutinamento em Módulos Didático-Conceituais. Tais Módulos são dotados, cada qual, de uma identidade constituinte e de uma missão relacional que se deve ser construída pelo processo didático-pedagógico entre as várias atividades pedagógicas intramódulos e entre os diversos módulos.

Os módulos temáticos desenvolvidos são quatro:

(1) Fundamentos - O Módulo dos Fundamentos apresenta as atividades pedagógicas relacionadas à base necessária e fundamental de formação humanista geral e específica aos games. Os conteúdos que fazem parte deste módulo intersemestral são: Cultura e Mitologia, Marketing e Games, Teologia e Ética Psicologia: Subjetividade e Organizações, Tecnologia e Sociedade, Seminário de Design de Games e Mercado.

(2) Teoria e Projeto de Games - O Módulo de Teoria e Projeto de Games apresenta as atividades pedagógicas relacionadas mais estreitamente às teorias e a metodologia projetual de games. Os conteúdos que fazem parte deste módulo intersemestral são: Narratividade e Games: Fundamentos, Roteiro para Games, Evolução dos Games, Linguagem Audiovisual e Games e, Worldbuilding – Construção de Mundos.

(3) Design, Modelagem e Animação de Games - O Módulo de Design, Modelagem e Animação de Games apresenta as atividades pedagógicas relacionadas ao desenho audiovisual e às suas questões de interface. Os conteúdos que fazem parte deste módulo intersemestral são: Desenho Conceitual e Storyboard, Edição de Vídeo para Games, Animação para Games, Laboratório de Design de Áudio para Games, MODs – Modificadores de Interface e, Design de Games.

(4) Autoria e Produção de Games - O módulo de Autoria e Produção de Games apresenta as atividades pedagógicas relacionadas à efetiva implementação de um game, em seus aspectos mais específicos de lide com a engine e programação específica. Os conteúdos que fazem parte deste módulo intersemestral são: Projeto de Design de Games, Laboratório de Produção de Games e Oficina de PTCC.

O Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais, possibilita ainda que o seu corpo docente e discente possam exercer atividades articuladas com outros cursos e núcleos da PUC-SP que já pesquisam – de maneira direta ou indireta – a questão dos games, proporcionando um processo de educação continuada. São eles:

Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital - TIDD:
Neste programa recém-criado, o aluno ou professor do Curso terá a possibilidade de cursar um mestrado (futuramente, o doutorado também). Neste sentido, o coordenador e os professores da área de estudos selecionada, estarão auxiliando-o no direcionamento e na elaboração de um pré-projeto de mestrado; Ainda mais, estimular-se-á a participação dos professores da pós-graduação no Curso, por meio de palestras e visitas aos alunos, bem como a possibilidade dos alunos participarem colaborativamente de pesquisas em andamento, nas suas linhas de pesquisa, cumprindo a missão de integrar a graduação com a pesquisa stricto sensu.

Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica – COS:
Neste notório programa de pós-graduação, o aluno ou professor do Curso terá a possibilidade de cursar um mestrado e/ou doutorado Neste sentido, o coordenador e os professores da área de estudos selecionada, estarão auxiliando-o no direcionamento e na elaboração de um pré-projeto de mestrado e/ou doutorado. Ainda mais, estimular-se-á a participação dos professores da pós-graduação no Curso, por meio de palestras e visitas aos alunos, bem como a possibilidade dos alunos participarem colaborativamente de pesquisas em andamento, nas suas linhas de pesquisa, cumprindo a missão de integrar a graduação com a pesquisa stricto sensu.

NuPH – Núcleo de Pesquisa em Hipermídia:
O aluno ou professor que tiver interesse em participar ou colaborar com o NuPHG, será encaminhado ao núcleo, onde terá seu ingresso efetivamente avaliado. Vale lembrar, que a grande maioria dos professores que compuseram ou colaboraram com o Grupo de Trabalho do Projeto do Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais são pesquisadores do NuPHG.

CS Games - Grupo de Pesquisa Semiótica sobre a Linguagem dos Games:
Grupo de pesquisa semiótica sobre a produção de jogos através de tecnologia computacional avançada: O CSGames é um grupo de pesquisa semiótica sobre a produção de jogos através de tecnologia computacional avançada que tem por objetivo a produção de jogos experimentais. Reunindo os alunos de mestrado e doutorado com os alunos da graduação, o CSGames, cria união entre os estudantes através de experimentos em novas tecnologias. Com enfase em produção de jogos, artigos científicos e participação de eventos o CSGames pretende ser uma grande engrenagem no desenvolvimento da industria e academia de jogos no Brasil.

Cursos de Extensão Universitária (Cogeae):
O aluno também poderá optar por complementar sua formação – durante ou após o término da graduação – por meio de cursos de extensão universitária oferecidos pela Cogeae. Atualmente está em curso “Desenvolvimento de Games com Unity 3D", "Crítica de Videogames", "Games com HTML e JavaScript" e "Introdução do Desenvolvimento de Jogos".


 

Formas de Ingresso 
  • Processo seletivo por meio de exame vestibular aberto a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Processo seletivo específico para portadores de diploma de graduação, sob condição de existência de vagas abertas pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Matrícula por transferência sob a condição de existência de vaga, obedecendo ao calendário da Universidade ;
  • Prouni, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Reopção de curso, aberta pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade.
Gestão 

As Faculdades são compostas por: Departamentos, Cursos de Graduação, Programas de  Pós-Graduação stricto sensu e lato sensu, Cursos e Atividades de Educação Continuada, Unidades Suplementares e Núcleos Extensionistas.

Compete à Câmara de Graduação:
I - desenvolver estudos que subsidiem o CEPE na elaboração ou alteração da política educacional da PUC-SP, a ser submetidos à apreciação e aprovação do CONSUN e CONSAD;
II - desenvolver estudos, no âmbito do ensino, de forma articulada com a Câmara de Pós-Graduação e Pesquisa, que subsidiem a elaboração dos Projetos Institucionais da PUC-SP, a ser submetidos à apreciação e aprovação do CEPE;
III - propor ao CEPE plano de implementação da política educacional e do desenvolvimento do ensino nas Faculdades, definindo as prioridades;
IV - propor ao CEPE as normas e as orientações técnicas para elaboração e tramitação de programas e projetos de ensino das Faculdades;
V - dar parecer sobre Projetos Pedagógicos de Cursos e propostas de alterações a serem submetidos à aprovação do CEPE;
VI - apreciar os relatórios das avaliações institucionais e de cursos;
VII - promover a auto-avaliação dos Cursos de Graduação das Faculdades, encaminhando ao CEPE relatórios;
VIII - promover estudos das demandas socio-ocupacionais e das transformações na esfera do conhecimento, orientando as Faculdades para a proposição de mudanças curriculares, ou de novas modalidades de Graduação;
IX - subsidiar e supervisionar o desenvolvimento dos Projetos Pedagógicos dos Cursos, zelando pela observância dos mesmos;
X - acompanhar a implementação de novos Projetos Pedagógicos de Cursos;
XI - subsidiar o CEPE nas políticas de extensão referentes à Graduação;
XII - emitir pareceres de mérito sobre projetos de extensão ligados à Graduação;
XIII - exercer outras atribuições previstas em normas ou decididas pelos Colegiados competentes e inerentes à natureza do órgão.

Laboratórios 
O curso conta com uma estrutura de laboratórios de informática administrada pela Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) da PUC-SP. Com um total de 31 laboratórios de informática, divididos entre os campi Marques de Paranaguá (8), Monte Alegre (19) , Santana (2), Barueri (1) e Sorocaba (1), todos conectados em rede à uma velocidade de 100Mps.

Esses mais de 1000 computadores integram os cerca de 2300 computadores da grande rede PUCSPNet, totalmente conectada à Internet, onde utilizamos um link principal de acesso com velocidade de 1Gbps.

Contamos ainda com uma política de licenciamento de software através de programas educacionais e parcerias com empresas como IBM (IBM Rational), Microsoft (MSDN Academic Alliance), CorelDraw, Adobe (Flash, Dreamweaver, InDesign, Photoshop, Director),  além de softwares específicos como Vue, Cinema 4D, SPSS, SolidWorks, entre outros.
Avaliação do aluno 
Em cada disciplina ou outro componente curricular previsto no PPC, é atribuída apenas uma nota final resultante do processo de avaliação determinado pelo professor no início do semestre letivo.

A média necessária para a promoção do aluno é 5,0 (cinco).

No processo de avaliação determinado pelo professor ao menos uma das notas deverá ser resultante de uma prova individual feita em sala de aula.

É obrigatório, entretanto, que existam ao menos duas modalidades de avaliação (prova e trabalho, prova e exercício, prova e seminário, entre outras combinações possíveis).
TCC 

O Trabalho de Conclusão de Curso é de caráter obrigatório e deverá ser realizado em equipes interdisciplinares na forma de projetos que contemplem o desenvolvimento de um game. O projeto final será avaliado por uma comissão de professores internos e externos ao Curso e à PUC-SP, com as qualificações necessárias para tal avaliação. Caberá aos professores responsáveis pelo Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso (PTCC), resolver os casos omissos às normas de confecção do Trabalho de Conclusão de Curso - cujo documento será elaborado oportunamente. A Carga Horária do PTCC é indicada na Carga Horária da Disciplina. As atividades realizadas pelos acadêmicos, fora do período da disciplina não serão computadas, pois são pertencentes ao processo normativo do estudo acadêmico.

O Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso (PTCC), por sua natureza estrutural e específica de Jogo Eletrônico deve, preferencialmente ser realizado dentro de equipes multidisciplinares de afinidades e competências técnico-temáticas, dentro das turmas em andamento do curso. Caberá aos Orientadores do PTCC, em conjunto e com a supervisão da coordenação de curso avaliarem as situações gerais e conduzirem o andamento dos mesmos, bem como a possibilidade, dentro das normas acadêmicas e das disposições da Universidade, da execução colaborativa dos mesmos com outros Projetos de PTCC em outros Cursos da Universidade (Cf. especificado no Sistema de avaliação do processo de ensino e aprendizagem).
 

Atividades de formação 

Durante o Curso os alunos terão a oportunidade de participar de visitas monitoradas a empresas de games e afins, participar de festivais específicos – como o Festival Universitário de Games, por exemplo - organizar mostras internas, participar do MídiaClube, além das demais atividades acadêmicas, científicas e culturais comuns a todos os alunos da PUC-SP.

As atividades completares são estabelecidas como atividades de livre escolha e participação dos alunos, sendo considerada além da carga horária estabelecida no Curso (das atividades didático-pedagógicas). Elas serão validadas por meio de certificados expedidos pela Coordenação de Curso, sendo necessária a participação mínima de 75% (carga horária) para tal. Todas as atividades complementares terão metodologia de avaliação na WEB, mediante preenchimento de questionário (utilizando a escala Likert). Cada Carga Horária deve ser definida na própria organização da Atividade em questão. Jamais deverá ultrapassar em 20% a carga horária semestral.
 

Estágio curricular 

O estágio não se constitui em atividade obrigatória do Curso. Ele é facultativo ao acadêmico e poderá ser contado como uma atividade complementar de um dos semestres letivos. Não existe indicação de Carga Horária.

Matriz e Componentes 
Mensalidades 

A Universidade adota o Regime Financeiro semestral ou anual de cobrança, de acordo com o Projeto Pedagógico do curso, sendo a semestralidade ou anuidade paga em até 06 (seis) ou em até 12 (doze) parcelas mensais sucessivas, conforme o caso.
 
O cálculo das mensalidades é feito com base em todas as atividades (disciplinas e outros componentes curriculares) relativas a cada período letivo do curso, de acordo com seu Projeto Pedagógico.

Valor da mensalidade

Edital de Mensalidades é publicado nos quadros de aviso da Universidade e na página oficial eletrônica especifica os valores calculados para cada curso, com base nas atividades pedagógicas previstas.

Aproveitamento de Estudos
O estudante que ingressar através do processo de Transferência ou pelo processo de Portador de Diploma e tiver aproveitamento de estudos e/ou adaptação curricular, realizará a matricula nas atividades pedagógicas de acordo com o plano de estudos elaborado pela coordenação do curso.

Reajustes de mensalidades
Os valores das mensalidades estão sujeitos aos reajustes conforme Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Data do vencimento
A data de vencimento de cada mensalidade ocorrerá sempre no dia 5 (cinco) de cada mês.

Pagamento
Os pagamentos efetuados até o dia 1º do mês serão - por mera liberalidade - objetos de um desconto por antecipação, conforme discriminado no boleto. Este desconto pode ser suspenso sem prévio aviso.

Reconhecimento 

Reconhecimento – Port. 4 de 24/01/2012 publicada em 25/01/2012

Nota CC: 05 (Conceito de Curso)

Duração 

3 anos

Avaliação do curso 
Sistema de Avaliação do PPC:

A autoavaliação do curso tem como propósito o aprimoramento de seu Projeto Pedagógico (PPC).

Trata-se de um processo contínuo que, por meio de diferentes fontes de informação, analisa a coerência e a efetividade entre princípios da proposta pedagógica e sua dinâmica de funcionamento.

Sua realização está a cargo do Núcleo Docente Estruturante (NDE), da Coordenação Didática do Curso, do Conselho de Faculdade e da Câmara de Graduação.

Por meio da autoavaliação, esses colegiados monitoram a implantação do PPC dialogando com as demandas advindas do cotidiano e com as informações construídas por meio de escutas periódicas. Para tanto são utilizados instrumentos específicos:

a) avaliação contínua do aluno;

b) avaliação das condições de ensino (infraestrutura, equipamentos e gestão acadêmico-administrativa);

c) avaliação dos aspectos didático-pedagógicos do corpo docente, realizada por meio da autoavaliação do professor e da docência pelo aluno.

Envolve também diferentes parcerias da universidade que, direta ou indiretamente, contribuem para a qualidade da formação dos alunos, especialmente os departamentos.

Esse processo articula-se internamente à Autoavaliação Institucional, coordenada pela Comissão Própria de Avaliação (CPA), situando o curso no contexto da Universidade e, externamente, com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Essa articulação externa leva em conta os resultados do Enade, as Avaliações in loco e os indicadores de qualidade do MEC, como o Conceito Preliminar de Curso (CPC).
Competência e habilidades 

Trabalhando com as mesmas tecnologias que a moderna indústria do cinema 3D e  produção de vanguarda dos games utilizam, o curso apresenta o diferencial de situar-se em um área de ponta na tecnologia digital, relacionando com a prática os conhecimentos da arte e das humanidades. No curso o acadêmico integra todas as etapas do desenvolvimento de games, desde a concepção até a sua produção final, enfatizando a produção de games a partir de conceitos 3D em engines altamente imersivos.
 

Áreas de atuação 

O Profissional da Área de Jogos Digitais estará apto a participar de projetos de equipe multidisciplinar, atuando nas mais diversas áreas, desde a produção direta e efetiva de games, bem como na concepção de ambientes e cenários tridimensionais-digitais para várias áreas e aplicações. Ele pode trabalhar em equipes de desenvolvimento para cinema, televisão, teatro, animações, propaganda, educação, treinamento e, inclusive, entretenimento.

Vagas turnos e campi 

Campus Consolação
50 vagas / matutino
 

Histórico 

O Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais é oferecido, desde 2007, pela  Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia da PUC-SP. Sua primeira turma concluiu o curso no segundo semestre de 2009 e ocorre no período matutino. Com base em aspectos sociais, humanísticos, éticos e com instrumentos de ponta da tecnologia digital, o curso forma profissionais competentes para o mercado de trabalho e para pesquisa científica. O curso conta com um corpo docente qualificado, adotando modernas e eficientes técnicas de ensino-aprendizado e disponibiliza uma adequada infra-estrutura para a realização de atividades laboratoriais.

Grau 
Tecnólogo
Regime de matrícula 
Semestre
Campus 
<em>Campus</em> Consolação
Modalidade 
Presencial
Coordenação 
Contato 

Fone:

  • (11) 3124-7212 – Secretaria
  • (11) 3124-5765 / (11) 94912.1958  – Coordenação

Email:

Conecte-se à PUC-SP