Engenharia Biomédica

slider

Mais de 12 mil usuários já efetuaram o download gratuito do aplicativo da PUC-SP,...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/app-puc-sp-tera-atualizacao
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/carrossel-noticia-novo-app-pucsp_1.jpg
Sabia que a PUC-SP oferece diversas parcerias e intercâmbios internacionais? Fique de...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/puc-sp-oferece-oportunidades-internacionais
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/internacionalizacao-2014-04-10-620x318_vs2.jpg
O Vestibular PUC-SP 2015 está com inscrições abertas até 18/11. A prova acontece dia 7/...
/assessoria-de-comunicacao-institucional/noticias/vestibular-puc-sp-2015-inscricoes-abertas
http://www.pucsp.br/sites/default/files/sites/default/files/noticia/slide/pucvest2015-banner_carrossel-620x318.jpg
Apresentação 

O curso de Engenharia Biomédica da PUC-SP é pioneiro na cidade de São Paulo, maior centro médico hospitalar e de tecnologia da América Latina. Além disso, também é pioneiro por ser o primeiro curso de engenharia do Brasil a utilizar a Metodologia Ativa de Ensino e Aprendizagem, estruturada em quatro estratégias principais: Aprendizado Baseado em Problemas; Aprendizado Baseado em Pesquisa; Aprendizado Baseado em Projetos; e Problematização.  

O curso oferece uma estrutura completa de laboratórios e softwares e prepara o estudante a atuar no mercado de trabalho e como pesquisador. Tanto fabricantes de equipamentos médicos e hospitalares quanto os próprios hospitais ou empresas de desenvolvimento de engenharia, apresentam uma necessidade crescente pelo profissional de engenharia biomédica. Ele está preparado para desenvolver tecnologias e aplicá-las e consegue dialogar de modo natural com profissionais da área médica e da saúde.

Clique aqui para visualizar mais informações sobre o curso

 

Formas de Ingresso 
  • Processo seletivo por meio de exame vestibular aberto a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Processo seletivo específico para portadores de diploma de graduação, sob condição de existência de vagas abertas pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Matrícula por transferência sob a condição de existência de vaga, obedecendo ao calendário da Universidade ;
  • Prouni, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Reopção de curso, aberta pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade.
Serviços 

 

 

Gestão 

As Faculdades são compostas por: Departamentos, Cursos de Graduação, Programas de  Pós-Graduação stricto sensu e lato sensu, Cursos e Atividades de Educação Continuada, Unidades Suplementares e Núcleos Extensionistas.

Compete à Câmara de Graduação:
I - desenvolver estudos que subsidiem o CEPE na elaboração ou alteração da política educacional da PUC-SP, a ser submetidos à apreciação e aprovação do CONSUN e CONSAD;
II - desenvolver estudos, no âmbito do ensino, de forma articulada com a Câmara de Pós-Graduação e Pesquisa, que subsidiem a elaboração dos Projetos Institucionais da PUC-SP, a ser submetidos à apreciação e aprovação do CEPE;
III - propor ao CEPE plano de implementação da política educacional e do desenvolvimento do ensino nas Faculdades, definindo as prioridades;
IV - propor ao CEPE as normas e as orientações técnicas para elaboração e tramitação de programas e projetos de ensino das Faculdades;
V - dar parecer sobre Projetos Pedagógicos de Cursos e propostas de alterações a serem submetidos à aprovação do CEPE;
VI - apreciar os relatórios das avaliações institucionais e de cursos;
VII - promover a auto-avaliação dos Cursos de Graduação das Faculdades, encaminhando ao CEPE relatórios;
VIII - promover estudos das demandas socio-ocupacionais e das transformações na esfera do conhecimento, orientando as Faculdades para a proposição de mudanças curriculares, ou de novas modalidades de Graduação;
IX - subsidiar e supervisionar o desenvolvimento dos Projetos Pedagógicos dos Cursos, zelando pela observância dos mesmos;
X - acompanhar a implementação de novos Projetos Pedagógicos de Cursos;
XI - subsidiar o CEPE nas políticas de extensão referentes à Graduação;
XII - emitir pareceres de mérito sobre projetos de extensão ligados à Graduação;
XIII - exercer outras atribuições previstas em normas ou decididas pelos Colegiados competentes e inerentes à natureza do órgão.

Laboratórios 
O curso conta com uma estrutura de laboratórios de informática administrada pela Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) da PUC-SP. Com um total de 31 laboratórios de informática, divididos entre os campi Marques de Paranaguá (8), Monte Alegre (19) , Santana (2), Barueri (1) e Sorocaba (1), todos conectados em rede à uma velocidade de 100Mps.

Esses mais de 1000 computadores integram os cerca de 2300 computadores da grande rede PUCSPNet, totalmente conectada à Internet, onde utilizamos um link principal de acesso com velocidade de 1Gbps.

Contamos ainda com uma política de licenciamento de software através de programas educacionais e parcerias com empresas como IBM (IBM Rational), Microsoft (MSDN Academic Alliance), CorelDraw, Adobe (Flash, Dreamweaver, InDesign, Photoshop, Director),  além de softwares específicos como Vue, Cinema 4D, SPSS, SolidWorks, entre outros.
Avaliação do aluno 
Em cada disciplina ou outro componente curricular previsto no PPC, é atribuída apenas uma nota final resultante do processo de avaliação determinado pelo professor no início do semestre letivo.

A média necessária para a promoção do aluno é 5,0 (cinco).

No processo de avaliação determinado pelo professor ao menos uma das notas deverá ser resultante de uma prova individual feita em sala de aula.

É obrigatório, entretanto, que existam ao menos duas modalidades de avaliação (prova e trabalho, prova e exercício, prova e seminário, entre outras combinações possíveis).
Matriz e Componentes 
Mensalidades 

A Universidade adota o Regime Financeiro semestral ou anual de cobrança, de acordo com o Projeto Pedagógico do curso, sendo a semestralidade ou anuidade paga em até 06 (seis) ou em até 12 (doze) parcelas mensais sucessivas, conforme o caso.
 
O cálculo das mensalidades é feito com base em todas as atividades (disciplinas e outros componentes curriculares) relativas a cada período letivo do curso, de acordo com seu Projeto Pedagógico.

Valor da mensalidade

O Edital de Mensalidades é publicado nos quadros de aviso da Universidade e na página oficial eletrônica especifica os valores calculados para cada curso, com base nas atividades pedagógicas previstas.

Aproveitamento de Estudos
O estudante que ingressar através do processo de Transferência ou pelo processo de Portador de Diploma e tiver aproveitamento de estudos e/ou adaptação curricular, realizará a matricula nas atividades pedagógicas de acordo com o plano de estudos elaborado pela coordenação do curso.

Reajustes de mensalidades
Os valores das mensalidades estão sujeitos aos reajustes conforme Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Data do vencimento
A data de vencimento de cada mensalidade ocorrerá sempre no dia 5 (cinco) de cada mês.

Pagamento
Os pagamentos efetuados até o dia 1º do mês serão - por mera liberalidade - objetos de um desconto por antecipação, conforme discriminado no boleto. Este desconto pode ser suspenso sem prévio aviso.

Reconhecimento 

Portaria 545, de 12/09/2014 – DOU 16/09/2014.

Duração 

O período de formação do engenheiro biomédico é de 5 anos. Durante este período o aluno realiza as atividades previstas em 5 grandes eixos temáticos da engenharia biomédica. Esses amplos temas são reiterados a cada ano ao longo dos cinco anos. Cada um desses eixos são abordados na forma de módulos de imersão nos quais diversos ângulos de um mesmo tema são exaustivamente explorados e discutidos de forma progressivamente mais complexa a cada ano

Avaliação do curso 
Sistema de Avaliação do PPC:

A autoavaliação do curso tem como propósito o aprimoramento de seu Projeto Pedagógico (PPC).

Trata-se de um processo contínuo que, por meio de diferentes fontes de informação, analisa a coerência e a efetividade entre princípios da proposta pedagógica e sua dinâmica de funcionamento.

Sua realização está a cargo do Núcleo Docente Estruturante (NDE), da Coordenação Didática do Curso, do Conselho de Faculdade e da Câmara de Graduação.

Por meio da autoavaliação, esses colegiados monitoram a implantação do PPC dialogando com as demandas advindas do cotidiano e com as informações construídas por meio de escutas periódicas. Para tanto são utilizados instrumentos específicos:

a) avaliação contínua do aluno;

b) avaliação das condições de ensino (infraestrutura, equipamentos e gestão acadêmico-administrativa);

c) avaliação dos aspectos didático-pedagógicos do corpo docente, realizada por meio da autoavaliação do professor e da docência pelo aluno.

Envolve também diferentes parcerias da universidade que, direta ou indiretamente, contribuem para a qualidade da formação dos alunos, especialmente os departamentos.

Esse processo articula-se internamente à Autoavaliação Institucional, coordenada pela Comissão Própria de Avaliação (CPA), situando o curso no contexto da Universidade e, externamente, com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Essa articulação externa leva em conta os resultados do Enade, as Avaliações in loco e os indicadores de qualidade do MEC, como o Conceito Preliminar de Curso (CPC).
Competência e habilidades 

As competências atribuídas ao engenheiro biomédico são muitas e extremamente diversificadas, permitindo inserção em toda cadeia da área da saúde, complementando e dando suporte aos trabalhos de diagnóstico, tratamento e manutenção da saúde humana.

Dentre os mais os inúmeros, destacam-se os conhecimentos em: medicina, química, física, matemática, administração e de materiais e biomateriais utilizados na moderna medicina e habilidades em comunicação e empreendedorismo.

 

Áreas de atuação 

O engenheiro biomédico pode atuar em toda cadeia da saúde pública ou privada. Entre as mais destacadas o projeto e a produção de dispositivos eletrônicos. A pesquisa por novas tecnologias, assim como administração e atividades regulatórias e fiscalização de toda cadeia hospitalar e gestão em saúde.

Atualmente, uma das áreas mais carentes de profissionais de engenharia biomédica é a produção de tecnologia brasileira para a saúde, dentre inúmeros exemplos produção instrumental cirúrgico e dispositivos de suporte à vida, para cirurgias emergências médicas e manutenção da saúde construção de próteses e órteses.

Vagas turnos e campi 

Campus Consolação:
50 vagas

Campus Perdizes e Sorocaba
Utilização de Laboratórios

Objetivos 

O Engenheiro Biomédico deve ser um profissional multidisciplinar voltado às ciências da saúde.Dentro deste leque dinâmico, a formação de profissionais com:

  • o conhecimento das mais novas tecnologias de diagnósticos e tratamentos;
  • aplicação da informática e computação na área biomédica, na administração e na arquitetura de ambientes de saúde, aplicando conhecimentos matemáticos para modelagem e execução;
  • conhecimento de biomateriais e sistemas biomecânicos; aplicados à medicina e biomedicina;
  • habilidades de gestão e espírito de liderança com consciência de grupo, empreendedorismo, atualização constante e automotivação;
  • projetos e fabricação de dispositivos eletrônicos para diagnósticos e tratamento, facilitando o trabalho médico, o suporte a vida, com habilidades para estimular a comunicação entre os setores produtivo e médico-hospitalar.

 

Grau 
Bacharelado
Regime de matrícula 
Semestre
Campus 
Campus Perdizes
<em>Campus</em> Consolação
Campus Sorocaba
Modalidade 
Presencial
Coordenação 
Contato 

FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA
Endereço: Rua Marquês de Paranaguá, 111
Bairro: Consolação
Cidade: São Paulo – SP
CEP: 01303-050    
Tel.: 3124-7200
E-mail: secexatas@pucsp.br

 

Situação 
Matrículas encerradas

Conecte-se à PUC-SP