A Fundação São Paulo
Mantidas
Endereço:
Fundação São Paulo
Edifício Franco Montoro
Rua João Ramalho, 182
Perdizes - CEP: 05008-000
São Paulo - SP
(11) 3670-3333
fundacaosaopaulo@pucsp.br
Design: PUC-SP - DTI - Núcleo de Mídias Digitais

O NATAL PARA OS CRISTÃOS

No princípio era o Verbo...Tudo foi feito por Ele...Nele havia a Vida e a Vida era a Luz dos Homens...e o Verbo se fez Homem e veio armar sua tenda entre os Homens... (Evangelho de João, 1)

Jesus Cristo veio conviver conosco e participar de nossa história para que os homens tivessem VIDA e A tivessem em abundância.
VIDA quer dizer existência, família, amor, carinho, respeito, saúde, moradia, trabalho, lazer, cidadania, construção da sociedade e do mundo em que vivemos, construção de relações solidárias entre os homens de uma mesma parte da terra, e destes com os demais grupos e povos do universo, respeitando suas culturas e seus valores, suas diferenças, suas contribuições para se construir uma humanidade baseada na verdade, na justiça, na liberdade, na solidariedade, na cooperação e na harmonização entre todos.

A diversidade entre os povos e sua interação cooperativa, a diversidade entre as pessoas com seus direitos preservados e garantidos e suas inter-relações que criam seu desenvolvimento como pessoas e como cidadãos espelham o brilho multicolorido da Vida que o Cristo nos trouxe.
Em nossa Vida cotidiana, no entanto, nem sempre conseguimos Viver e Manifestar essa Vida.

Vivemos o desrespeito aos direitos das pessoas e dos cidadãos que não aparece no comentário inconseqüente de todos os dias.
Convivemos com a miséria e falta das condições básicas de Vida para grande parte de nossos irmãos.

Vivemos uma acomodada desconsideração com a educação e desenvolvimento das crianças, dos jovens, dos adultos e dos profissionais porque no dia a dia estamos preocupados com aspectos absolutamente periféricos e insignificantes para a educação, mas que constituem as reportagens diárias de nossos meios de comunicação.
Formamos profissionais competentes tecnologicamente, no entanto desprovidos de atitudes e valores éticos , sociais e cidadãos que os coloquem em estado de alerta para que suas decisões e atividades profissionais estejam voltadas para a melhoria de Vida da sociedade.
Na verdade, nos adverte Gaefke : " envelhecemos e abandonamos nossos sonhos, um ano começa e quando vemos já acabou sem ao menos termos VIVIDO. Não há mais tempo para a VIDA, só para compromissos inadiáveis que estrangulam nosso dia a dia . Muitos caminhos não percorridos, filhos que crescem e não percebemos, amores que vão se desfazendo em rotinas massacrantes".
Estamos fugindo do encontro crucial entre nós e nossos sonhos. Para onde vamos? Na luta diária pela sobrevivência não há tempo para ter com Deus uma comunhão.

Mais uma vez estamos vivendo o clima, o ambiente, os sentimentos e as emoções da grande festa do Natal. O Menino Jesus procura outra vez onde nascer e trazer a VIDA. É o momento de mais uma vez abrirmos espaços em nossos corações, em nossas vidas, em nossas famílias, em nosso trabalho, em nossa sociedade para que possamos superar desilusões e continuarmos em nossa luta para construirmos a VIDA que é AMOR entre os homens, que o Cristo nos trouxe e nos traz todos os dias.
Mas,nos sentimos fracos e relutantes. Conforta-nos a oração de Mahatma Gandhi que, nos colocando numa posição de humildade, nos dá coragem para pedir a Deus a Coragem que precisamos para a construção da VIDA que Ele nos trouxe no PRIMEIRO NATAL.


Meu Deus,
Ajuda-nos a nos abrir para ver e conhecer a realidade de MORTE (NÃO VIDA) que nos circunda.
Dá-nos coragem para enfrentar essa realidade e aí levar nosso testemunho e ação que provoquem a VIDA.
Ajuda-nos a dizer a palavra da Verdade diante dos fortes, a não mentir para obter o aplauso dos débeis
Ensina-nos a amar os outros como a nós mesmos e a julgar-nos como o fazemos com os outros.
Ensina-nos que a tolerância é o mais alto grau da força e o desejo de vingança é a primeira manifestação de debilidade.
Se causarmos danos a alguém, dá-nos a força da desculpa e se alguém nos causa dano, dá-nos a força do perdão e da clemência.
Meu Deus, nos momentos em que, apesar de nossa disposição de luta, fraquejarmos e não conseguirmos abrir novos espaços de VIDA , ou venhamos a nos esquecer de Ti, Tu não te esqueças de nós..

Amém


Marcos T.Masetto
Educador e Professor da PUC-SP