Histórias Compartilhadas

Nossa universidade é construída pela multiplicidade das histórias compartilhadas e ninguém está mais apto a contar histórias sobre a PUC-SP do que os próprios Puquianos.

Então, quem não tem uma boa história para contar sobre a PUC-SP?

Envie sua foto e sua história. Colabore para manter aquecida a memória da PUC-SP.

Compartilhe sua História

Todo material enviado está sujeito à análise e validação para publicação pelo Centro de Ex-alunos.

 


Veja as histórias enviadas


 

Por: Cynthia Krahenbuhl e Carla Degaki, graduação Direito, 2001.
Em 1998, nasceu o Projeto Bê-a-bá do Cidadão, como uma iniciativa do Centro Acadêmico 22 de Agosto, entidade representativa dos alunos de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). A proposta inicial do grupo era elaborar cartilhas, com o objetivo de debater e difundir os direitos e deveres dos cidadãos em escolas, comunidades e outras organizações da sociedade, sempre com uma linguagem simples e acessível. Assim, os alunos de Direito davam sua contribuição para a sociedade e levavam o conteúdo aprendido para fora dos muros da Universidade.

Por: Nircles Monticelli Breda, graduação em Direito, 1970.

Foi no ano de 1969 que aconteceu o almoço comemorativo da inauguração do restaurante da PUC-SP. Este almoço contou com a presença do Cardeal Dom Agnelo Rossi, do Dr.Oswaldo Bandeira de Mello, à época Reitor da PUC-SP, do Presidente do Centro Acadêmico 22 de Agosto, Nircles Monticelli Breda, do Dr.Sanches - Presidente do Centro Acadêmico da Filosofia, do Prof. Dr. Geraldo Ataliba –Professor da Cadeira de Direito, do Prof. Waldemar Mariz de Oliveira, do Capelão da PUC-SP –Monsenhor Benedito Ulhoa Cintra e do Prof André Franco Montoro. Importante frisar, que houve na época, fortes manifestações dos alunos, para que houvesse a inauguração do restaurante, uma vez que, era uma das poucas Universidades que não o tinha.

Conecte-se à PUC-SP