VII Ciclo de Debates em Economia Industrial, Trabalho e Tecnologia

Grupo de Pesquisas em Economia Industrial, Trabalho e Tecnologia

VII Ciclo de Debates em Economia Industrial, Trabalho e Tecnologia


TEMAS POLÊMICOS DA ECONOMIA: INDÚSTRIA, SERVIÇOS, TECNOLOGIA E TRABALHO

Apresentação

Com a incorporação de novos padrões tecnológicos nos processos produtivos e organizacionais das empresas novas abordagens teóricas e pesquisas empíricas possibilitaram a discussão e a visualização de todo um sistema social, produtivo e institucional, de caráter mais complexo e dinâmico. As inter-dependências entre as relações de trabalho, o desenvolvimento industrial e a incorporação de novas tecnologias tornam-se cada vez mais complexas e adquirem formas variadas. Os desdobramentos destes fenômenos são muitos, porém os resultados induzem a uma conclusão básica: a compreensão destas variáveis exige uma análise de cunho holístico e de caráter contínuo.

Desde os anos 1990 no mundo e especificamente no Brasil, a reestruturação produtiva das empresas e do setor público, bem como a intensificação da abertura comercial conduziram a transformações relevantes na indústria, no mercado de trabalho e no processo de introdução da inovação tecnológica. A reflexão sobre os impactos desta nova dinâmica na economia do país se tornou mais complexa, uma vez que, as mudanças estruturais necessárias para a busca da competitividade exigiu que as empresas tivessem a necessidade de conviver com desequilíbrios macroeconômicos nos países menos avançados que foram associados a políticas públicas restritivas que priorizaram a estabilização.

Os novos temas pesquisados e debatidos são polêmicos e assumem abordagens certas vezes multi-disciplinares, desde que as modificações na maneira de se organizar a economia mundial na atualidade, acabaram por mudar a trajetória anterior bem sucedida das economias nacionais e mundiais, que não tiveram possibilidade de acompanhar no mesmo ritmo a modernização estrutural e organizacional em direção à competitividade interna e internacional.

Compreender toda esta dinâmica exige um esforço capaz de dar conta das diversas faces do padrão de industrialização, da incorporação do trabalho e das mudanças tecnológicas; assim como, das políticas que atuam sobre estas questões. O Grupo de Pesquisas em Economia Industrial, Trabalho e Tecnologia-EITT do Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política da PUC/SP vem desenvolvendo trabalhos de pesquisas, debates, apresentação de trabalhos em encontros nacionais e internacionais e publicações, visando entender a complexidade que envolve as questões econômicas relacionadas a estas áreas.

Os trabalhos do EITT incorporam uma filosofia de intercâmbio com outras instituições de ensino e pesquisa. Esperamos que os trabalhos aqui publicados ofereçam subsídios particularmente ao entendimento da realidade brasileira e à elaboração de políticas públicas. Agradecemos a valiosa colaboração dos professores e pesquisadores de outras instituições, pelos conhecimentos novos que introduziram no ambiente de trabalhos do Grupo EITT através de suas apresentações e debates, bem como pela participação nesta publicação. Da mesma forma, são valiosas as pesquisas aqui apresentadas por nossos professores e por anteriores alunos da PUC/SP, agora Mestres, que dessa forma trazem o resultado de seus trabalhos no âmbito do EITT e do Programa de Economia Política da PUCSP.

Os componentes do EITT agradecem ao apoio da CAPES para a realização do evento.

Primeira Rodada de Debates - 18/05/2009

ECONOMIA INDUSTRIAL - Coordenador: Luiz Guilherme de Oliveira

José Luiz Rampazo (PUC/SP), Frederico Turolla (ESPM, FGV e Pezco), Thiago Piffer (PUC/SP) e Thelma Harumi Ohira (IST-Lisboa e Pezco) - Internacionalização de empresas de infra-estrutura: casos do setor elétrico
Antonio Corrêa de Lacerda (PUC/SP) e Alexandre da Silva de Oliveira (PUC/SP) - Influxos de investimento direto estrangeiro no Brasil (IDE): uma análise dos principais impactos sobre o grau de desnacionalização da estrutura produtiva nos anos 2000
Daiane Alcântara (PUC/SP) - Características Distintivas das Empresas de Base Tecnológica do CIETEC: Obstáculos e Facilidades na Obtenção de Financiamento
Mário Margarido (IEA e SOBEET), Luís Afonso Fernandes Lima (SOBEET) e Pedro Augusto Godeguez da Silva (SOBEET) - O agronegócio nos investimentos diretos brasileiros

ECONOMIA DA TECNOLOGIA - Coordenador: Julio Cesar Cuter

Luiz Kubota (IPEA) - Determinantes da acumulação de conhecimento para inovação tecnológica na indústria de TICs no Brasil
Eduardo Luiz Machado (IPT) - Empirical analyses of the determinants of competitive market pressures
Cláudio Pinhanez (IBM) - Humans Inside” as the Key Characteristic of Service Systems
Luiz Guilherme de Oliveira e Rui Martins Mota (UNB) - Inovação no setor de defesa: um estudo de caso do Projeto de Veículo Áereo não-tripulado

Segunda Rodada de Debates - 19/05/2009

ECONOMIA DE SERVIÇOS - Coordenador: Anita Kon

Dimária da Silva Meirelles (Mackenzie) - Estratégias e estruturas de mercado em serviços
Julio Cesar Cuter (SENAC/SP) - A crise no setor aéreo brasileiro a luz das mudanças na regulação econômica e das características setoriais
Carlos Henrique Rocha (UnB), Luiz Ricardo Cavalcante (UnB) e Luiz Guilherme Oliveira (UnB) - Análise de exeqüibilidade da tarifa de transporte rodoviário interestadual de passageiros: uma proposta de critério

ECONOMIA DO TRABALHO - Coordenador: Marco Antonio Jorge

João Batista Pamplona (PUC/SP) e Rodrigo Campos Gomes (PUC/SP) - Conceito e evolução recente do auto-emprego nos países desenvolvidos
Osmar Sanches (PUC/SP) - Os determinantes da economia informal nas principais escolas do pensamento econômico
Marco Antonio Jorge (UFSE) - Homicídios e Diferenciais Compensatórios de Salário no Brasil
Anita Kon (PUC/SP) - Família e Trabalho: considerações teóricas sobre a participação no do trabalho

Organização:
Prof.ª Anita Kon
Equipe EITT-PUC/SP

Voltar

Menu
PUC-SP
J.PUC-SP
Sou PUC