Histórico de EAD na PUC-SP

Introdução

 

A PUC-SP caminhou em direção à educação a distância (EAD) em função de sua experiência no campo do ensino, da pesquisa e da extensão. Assim, a implantação de EAD na PUC deve ser vista como uma ampliação de suas ações pedagógicas com o objetivo de produzir novos ambientes de aprendizagem que potencializem a democratização do ensino, sem comprometer sua qualidade.

 

Década de 90

 

Na PUC-SP, a EAD teve início na década de 90 por meio de pesquisas que foram desenvolvidas sobre o uso das novas tecnologias nos processos de ensino e aprendizagem. A partir de 1994, a prática de EAD foi materializada em cursos mediados pelo computador para a comunidade externa, viabilizados por meio da antiga BBS (Bulletin Board System). Na época, os cursos oferecidos foram cursos de Inglês e Francês Instrumental, Texto Empresarial e cursos de redação para vestibulandos em língua portuguesa.

Do Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, surgiram os grupos de pesquisa: Formação de Educadores e Tecnologia e Formação de Educadores com suporte em meio digital. Em 1997 e 1998, uma capacitação em informática aplicada à Educação, desenvolvida pela Faculdade de Educação, foi oferecida aos professores da Rede Estadual de Ensino de São Paulo.

Na Faculdade de Filosofia, Letras e Artes , as unidades promotoras envolvidas nas atividades de educação a distância desde os anos 90 foram: o Instituto de Pesquisas Linguísticas Sedes Sapientiae para Estudos de Português (IP-PUC-SP); o Programa de Pós-Graduação em Língua Portuguesa; o Programa de Estudos Pós-graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, o Departamento de Francês; o Departamento de Linguística e o Departamento de Português; o Departamento de Português”.

 

De 2000 a 2010

 

No ano de 2000, em parceria com o Ministério das Ciências e Tecnologias e com a empresa IBM Brasil, a PUC-SP desenvolveu o Projeto Nave – pesquisa e desenvolvimento de ambientes virtuais e colaborativos de aprendizagem, projeto esse que contribuiu com a pesquisa e a reflexão sobre temas emergentes relacionados à educação a distância, formação de professores e implementação de atividades envolvendo o uso de ambientes virtuais.


De 2000 a 2001, a PUC-SP realizou um curso de especialização semipresencial voltado para a formação de professores da rede pública de ensino para o uso de tecnologia no contexto da escola e dos Núcleos de Tecnologia Educacional: Currículo em parceria com a Secretaria de Educação a Distância (SEED) do Ministério da Educação (MEC). A partir desta experiência, a Universidade vem atuando em diversos projetos de formação continuada de educadores com suporte em tecnologias digitais para a utilização integrada de tecnologias e mídias no âmbito do sistema escolar, junto às Secretarias Estaduais e Municipais de Educação e do Ministério da Educação.


Além desse curso, outras iniciativas, dentre as quais os projetos vinculados aos órgãos do sistema educacional e aos diversos cursos oferecidos ao público interno e externo, reafirmaram a potencialidade do uso da EAD como forma de ampliação dos espaços educacionais e do atendimento a um público localizado em regiões distantes dos campi da Universidade.

Conecte-se à PUC-SP